BUDDHA EDEN

SÁBADO  22 OUTUBRO 2016




Para fugir à rotina e aos dias agitados. Já faz tempo que rumámos ao jardim mais bonito de sempre, não foi a nossa primeira visita e, certamente, não será a última. É um refugio perdido e quase escondido que vos apresento hoje, convido-vos então a visitarem – em jeito de registo fotográfico – a Quinta dos Loridos, onde se encontra o maior jardim oriental da Europa, o Bacalhôa Buddha Eden. Aceitam?

















Um  registo fotográfico que veio em boa hora, estávamos a precisar de uma dose extra de inspiração para conseguirmos terminar esta semana com ânimo – uma semana que foi particularmente difícil e agitada, adormecemos com uma gastroentrite e acordámos com uma otite, mais uns contratempos nos trabalhos.. Oh! Os cliques de hoje são uma lufada de ar fresco para mim e uma sugestão bonita para vocês. 




BUDDHA EDEN
Se bem se lembram, já mencionamos o Bacalhôa Buddha Eden num outro artigo – já referimos outrora a nossa primeira visita e voltámos a falar dele, aqui como sugestão do mês. Um jardim que merece sempre a nossa visita seja qual for a circunstancia. É, essencialmente, uma fuga à rotina, à agitação do nosso dia-a-dia, um escape ao stress citadino. Um espaço que deve ser visita obrigatória.


Fica no Bombarral, no distrito de Leiria, a uma hora de Lisboa, sensivelmente. Creio que o preço acaba por ser acessível dado à magnifica oferta que podem encontrar entre aquele verde intenso e o azul do céu, 2€50. Podem ainda optar por visitar o jardim de comboio o que acaba por elevar o custo, 7€50. Existe também um restaurante com refeições em conta dentro do jardim. 









Não sei são como eu mas, confesso, que gosto imenso de voltar ao sítios onde já fui feliz – é cliché, bem sei mas é algo que me acompanha já há algum tempo e não pretendo desligar-me de tal sensação. Aqui, no Bacalhôa Budhha Eden ouve-se e sente-se a natureza, o som da brisa que já se faz sentir pela manhã, as folhas das árvores a falarem, o som da água.. Um misto de sensações que não dá para explicar – ou para escrever. E que dá sempre vontade de voltar e voltar.






Não há como ficar indiferente à paz que se vive no Bombarral, toda aquela tranquilidade e serenidade apazigua qualquer problema sem solução, um refúgio para o corpo e para a alma. E há tanto para ver e deslumbrar nos trinta e cinco hectares, dos budas, a pagodes, estátuas de terracota e outras tantas esculturas escondidas na vegetação. A fotografia acima protagoniza as estátuas terracota, pintadas cuidadosamente à mão. 


















Podemos ainda observar os peixes KOI e outras tantas espécies durante a nossa visita. Uma visita que promete uma manhã sossegada e calma – onde a paz é que ponto de equilíbrio, certamente. 
















Um jardim em que podemos tranquilamente apreciar o melhor da arte moderna e reconhecer ainda alguns nomes que fazem da arte, a Arte, são eles a Joana Vasconcelos, Alexander Calder, Tony Cragg. De tempos em tempos as obras acabam por ser substituídas por outras – na minha primeira visita, por exemplo, a obra acima não estava presente – o que acaba por ser interesse para nós visitantes. Não só conhecemos outras obras como aumentamos o nosso conhecimento e lá está: saber não ocupa lugar.  
































Espero que vos tenha inspirado a conhecer este espaço magnifico, o Bacalhôa Buddha Eden – um passeio tranquilo para os mais novos e uma paz de alma para os mais velhos. Alguma questão não hesitem em deixar o vosso comentário. Bom fim-de-semana, sweets!

F o l l o w  m e : facebook | instagram | bloglovin | zomato

5 comentários:

  1. Já visitei, é lindo.

    Beijinho e bom fim de semana,
    Carla Silva (http://demantanosofa.blogspot.pt/)

    ResponderEliminar
  2. Quero tanto ir a esse sítio e estas fotografias ainda me deram mais vontade :) lindas.

    Resto de um Domingo feliz <3

    ResponderEliminar
  3. Nunca visitei este jardim mas um amigo meu foi lá este ano e disse que adorou, eu só mesmo á pouco tempo é que fiquei a conhecer a existência deste lugar, ás vezes é difícil de acreditar que existem espaços como estes em Portugal.
    FOX WHISPER

    ResponderEliminar
  4. Gostava imenso de ir a esse sítio - as fotos transmitem-me uma calma... Beijinhos e bom domingo

    ResponderEliminar